Coito programado

Nem sempre o procedimento mais complexo (e consequentemente mais invasivo, desgastante e financeiramente caro) é necessário para o seu caso. O coito programado consiste no acompanhamento do processo de ovulação e no ajuste do momento da relação sexual para o dia de maior chance de a mulher engravidar.

As principais indicações do coito programado são:

• Mulheres que têm dificuldade em ovular;
• Casais que não conseguem manter relações sexuais em uma frequência necessária à concepção;
• Pacientes com endometriose leve, fator masculino leve ou nos casais com infertilidade sem causa aparente.

Desenvolvido por: Contagio Comunicação
Open chat