Punção de Tireoide

É o método mais preciso e com melhor custo-benefício para avaliar nódulos dessa glândula e distingui-los entre benignos e malignos. Tem baixo risco de complicações. O exame é realizado com agulha fina e pode ser necessária a punção do mesmo nódulo mais de uma vez.

Oferece informações do diagnóstico em 85% dos pacientes e tem acurácia de mais de 95%. Os resultados da punção são classificados em: benigno, maligno, suspeita de malignidade ou indeterminado e não diagnóstico.

A incidência de nódulos malignos de tireoide em pessoas com um ou mais nódulos, sem outros fatores de risco, varia de 6% a 13%.

Desenvolvido por: Contagio Comunicação
Open chat