Adolescência

A adolescência é um período pelo qual o menino passa pelas principais transformações físicas e emocionais de sua vida. Nesse momento, o urologista orientará sobre as mudanças corporais, cuidados com as infecções sexualmente transmissíveis (ISTs) e investigará a presença de alterações anatômicas que poderão interferir no futuro sexual e reprodutivo do adolescente.

Infecções Sexualmente Transmissíveis

Muito importante conversar com o adolescente, antes do início da atividade sexual, sobre todas as infecções sexualmente transmissíveis (ISTs). O menino deve ser orientado nessa fase sobre a prevalência, prevenção, formas de contágio, sinais e sintomas de doenças como HPV, sífilis, gonorreia, clamídia, fungos, entre outras.

Anticoncepção

O início da atividade sexual no menino gera muitas dúvidas. Uma das mais frequentes refere-se aos métodos anticoncepcionais disponíveis. O homem deve também preocupar-se com a anticoncepção até o momento em que o casal deseja gerar filhos.

No Brasil, temos disponíveis o uso do preservativo e a vasectomia como métodos masculinos. Mas os métodos femininos também devem ser conhecidos pelo homem para que possa, juntamente com a parceira, decidir sobre qual é o mais adequado para o casal. De qualquer forma, é fundamental reforçar sempre a necessidade do uso do preservativo para evitar as infecções sexualmente transmissíveis (ISTs).

Varicocele

Uma causa frequente de infertilidade masculina é a varicocele, a dilatação dos vasos ao longo do cordão espermático. O problema está presente em 15% da população geral (adultos e adolescentes) e em 35% dos homens com infertilidade. Na maioria dos casos, a varicocele não gera sintomas e surge já na puberdade, o que torna essencial que o menino passe em consulta com urologista nessa fase de sua vida.

O diagnóstico precoce da varicocele e seu acompanhamento devem ser realizados já na adolescência para que possamos evitar a dificuldade de gestação na vida futura.

criado por: agenciaecco.com.br
Open chat