Blog
Exames
Primeiro exame de mamografia: o que preciso saber

A realização do primeiro exame de mamografia é um marco para a mulher a partir dos 40  anos. Junto com outros exames de prevenção, ele completa a lista do check up anual.

No Brasil, o exame é indicado a partir dos 40 anos e deve ser feito anualmente. Mas atenção: em pacientes no grupo de risco, cujos parentes de primeiro grau (mãe, avó ou irmã) tenham tido câncer de mama, o exame pode ser indicado anualmente a partir dos 30 anos.

Por que devo fazer a mamografia?

A mamografia é o principal exame de rastreamento usado para identificar o câncer de mama. Ela é extremamente importante porque permite a geração de imagens detalhadas e de qualidade para a análise médica, identificando nódulos a partir de 2 milímetros de diâmetro. 

Cerca de 80% dos nódulos encontrados nas mamas tendem a ser benignos. A mamografia em si não altera nada, apenas mostra com precisão o que já está lá. 

O exame de mamografia dói?

A mamografia é um exame rápido, dura em média de 15 a 30 minutos e pode provocar um desconforto breve. Dependendo da sensibilidade individual, pode doer, mas é tolerável.

Dicas para minimizar a dor no exame de mamografia: 

  • Agende seus exames quando suas mamas estiverem menos sensíveis, ou seja, não marque a mamografia antes da menstruação.
  • Deixe que a técnica em mamografia saiba que você pode estar sensível. Ela poderá assim  ser capaz de tornar o exame menos doloroso e incômodo.
Exame de mamografia em mulheres com silicone

Exame de mamografia – Atenção aos sinais

É muito importante que a mulher conheça o seu corpo. O auto-exame é uma das melhores maneiras de saber quando algo está diferente e de que é preciso ajuda médica.

Atenção aos sinais suspeitos:

  • Secreção atípica;
  • Aumento irregular dos seios, fora da puberdade e do período menstrual;
  • Alteração na aparência dos mamilos;
  • Surgimento de nódulos fixos e indolores;
  • Coceira frequente ou persistente na mama.

Ao observar os sinais acima, procure o médico ginecologista ou mastologista para uma avaliação.

Câncer de mama masculino – Homens também devem fazer o exame de mamografia

Homens também devem fazer a mamografia. Apesar de ocorrer com menos incidência, eles também podem ter câncer de mama com um percentual alto de mortalidade. 

Além disso, assim como no caso das mulheres, homens com histórico familiar também devem ser submetidos ao exame antes mesmo dos 40 anos. Ao ser observada qualquer alteração mamária, um médico mastologista deve ser procurado. 

Exame de mamografia 3D na Célula Mater

A tomossíntese mamária, também conhecida como mamografia 3D, é mais avançada e tecnológica. Essa técnica proporciona uma representação tridimensional da mama, ou seja, a mama é vista em “fatias”, o que permite uma análise muito mais completa em múltiplos ângulos. O resultado traz um exame mais preciso, com aumento da sensibilidade e especificidade no rastreamento mamográfico.

Plano de saúde OMINT – Exame de mamografia

A Clínica Célula Mater trabalha com o seguro médico OMINT. Pacientes associadas à Omint passam a ter um atendimento rápido e sem a necessidade de reembolsos posteriores. Agende suas consultas e exames de imagens na Célula Mater.

Veja aqui os Planos Omint aceitos e como solicitar o reembolso.

Mamografia 3D são paulo

Notícias relacionadas

Um, dois, três… quantos filhos você tem ou imagina ter? Para celebrar o Dia das Mães com toda sua beleza, felicidade e também perrengues, a Célula Mater conversou com a querida Mariana Arasaki, paciente da Dra Lucila Pires Evangelista...
Saiba +
Não se falava de puerpério até pouco tempo atrás. Essa fase desconhecida que traz consigo tantas mudanças, começou a ser amplamente debatida de alguns anos pra cá. Há um consenso, dentro da comunidade científica, de que o puerpério dura ...
Saiba +
A realização do exame de mamografia em quem tem implante de silicone nos seios ainda gera muitas dúvidas entre as mulheres que possuem ou aquelas que pretendem colocar um dia. Perguntas como essas abaixo são feitas com frequência em...
Saiba +
Desenvolvido por: Contagio Comunicação
Open chat